Cupão LIMPEZA15 para 15% de desconto em Limpeza e Desmaquilhantes*

Antioxidantes: Mito ou Realidade?

Uma proteção contra os ataques do dia-a-dia

Todos os dias estamos expostos a elementos agressores que perturbam o funcionamento do nosso organismo, ao ponto de promovem o envelhecimento precoce e aumentarem o risco de contrair doenças inflamatórias e degenerativas.

É comum chamarmos "radicais livres" a estes agressores. Os "radicais livres" estão presentes em elementos externos ao nosso organismo, tais como na poluição e na radiação solar. No entanto, também podem ser produzidos por nós internamente, através do stress, por exemplo.

É aqui que os antioxidantes ganham extrema importância, pois são o nosso muro protetor contra os "radicais livres".

Reduzindo a ação do envelhecimento no corpo

Para além de promoverem o envelhecimento precoce, os "radicais livres" são ainda capazes de modificar o nosso DNA, originando doenças como o cancro.

Os antioxidantes têm como principal função estabilizar os "radicais livres", tornando-os menos destrutivos para o organismo, preservando assim a estrutura original das células. Os antioxidantes podem ser produzidos pelo nosso organismo ou adquiridos através da dieta, sob a forma de sais minerais, vitaminas A, C, E, flavonoides, carotenoides, licopeno, cobre, zinco e selénio. Por último, podem ainda ser adquiridos através de alimentos naturais e cremes de beleza.

Os efeitos dos antioxidantes na beleza da pele

Hoje em dia, as técnicas avançadas permitem a inclusão de antioxidantes como o ácido L-ascórbico e o ácido Ferúlico em formulações dermocosméticas. Desta forma, já é possível obter dermocosmética capaz de prevenir o envelhecimento e a oxidação da pele.

Normalmente estes produtos são formulados em sérum. Estes séruns ajudam a neutralizar os radicais livres, defendem contra danos ambientais e ainda ajudam a prevenir o envelhecimento prematuro da pele.

Assim fica difícil medir a idade através da pele!

Deixe um comentario sobre este Artigo!

Partilhar: